Social Icons

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Agentes de Saúde do Pajeú participam de marcha em Brasília

Em Brasília, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos estados brasileiros fecharam a frente do Ministério da Saúde, em defesa da revogação das portarias 958 e 959, criadas durante o Governo Dilma Rousseff. A natureza dessas portarias são perversas, elas abre a possibilidade dos gestores municipais substituírem os Agentes Comunitários por técnicos em enfermagem. Portante, ao longo de alguns anos, a classe substituída deixará de existir. Segundo esclarecimentos da coordenador da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde do Brasil, Samuel Camêlo, essa não é a primeira vez que os Agentes de Saúde recebe uma investida dessa natureza. Por duas vezes houve tentativa de promover demissões em massa dos Agentes de Combate às Endemias, inclusive, uma delas em 2015, quando houve a explosão do Zika Vírus. Agora identificamos mais esse abuso contra os principais promotores da saúde na Atenção Básica. Não é possível que o Poder Executivo Federal use de suas prerrogativas para Atender aos interesses do CONFEN, CONASS, CONASEMS e, sobretudo, da CNM, contra os interesses da própria sociedade brasileira, representada por cada um desses agentes que transformou a Saúde Pública Brasileira, concluiu Samuel. 

Da região do Pajeú participaram da marcha agentes de Afogados da Ingazeira, Tabira, Carnaíba, Solidão, Brejinho, Santa Terezinha, Itapetim e Quixaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário