Social Icons

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Segundo internauta, grávida foi obrigada a dar a luz na frente de outros pacientes no Hospital Regional de Afogados da Ingazeira

Uma leitora do nosso blog enviou uma denuncia sobre uma situação de extremo constrangimento segundo ela vivida por uma gestante ao dar a luz no Hospital Regional Emília Câmara.

Segunda a internauta uma gestante foi obrigada a dar a luz na sala de internamento da unidade, na frente de outros pacientes que ali estavam. Leia abaixo a denúncia na íntegra:

Olá, boa tarde. Gostaria de fazer uma denúncia para o seu blog sobre o Hospital Regional aqui de Afogados... Essa semana precisei ir a unidade para me consultar, e fiquei lá para tomar soro e ser medicada, fiquei na ala feminina e estava com meu namorado como acompanhante. Lá havia uma gestante que estava em trabalho de parto e ao invés das enfermeiras levarem ela para uma sala apropriada pra isso, apenas mandaram ela segurar nas grades da cama e pôr força. A mesma não estava conseguindo pois estava se sentindo muito constrangida (ela mesma falou e pediu para que meu namorado se retirasse) com a situação, mesmo assim as enfermeiras mandaram levantar a roupa dela pra que ela continuasse... Agora a pergunta que fica é: em um hospital regional não existe uma sala de parto não? Porquê eu que sou mulher não estava me sentindo à vontade vendo aquilo, muito menos meu namorado, muito menos ainda a mulher. Soube por uma acompanhante que estava lá que essa não é a primeira vez que uma mãe dá a luz na sala de internamento, ainda esses dias havia ocorrido. Não fiz um vídeo pra preservar a imagem da mesma, que não estava em uma situação muito bonita, mas foi a minha vontade pra mostrar o descaso que está aqui nesse hospital. E é isso, aqui fica minha mensagem de revolta, espero que tomem medidas cabíveis, porquê isso é inaceitável.

Um comentário:

  1. Que grande irresponsabilidade gente!!! Fazer isso com uma mulher!!! Eu tinha saído de lá em trabalho de parto mesmo e ido para a casa de saúde, e depois eu tinha mandado denunciar, isso é um abuso!!! Quando eu fui lá pra ter o meu bebe, não deixaram nem meu esposo entrar pra ver na sala de parto, e agora ficam fazendo essa palhaçada? Se fosse comigo o meu esposo tinha feito eles me atenderem bem num instante, como ele fez na época, que eu estava em trabalho de parto e o médico tomando cafezinho sem querer ir logo me atender, que meu esposo ameaçou ir buscar ele lá, e se fosse necessário processar o hospital em peso!!! Num instante me atenderam!!! E outra o médico ainda assim no outro dia nem foi me dar a alta para antes examinar se estavamos bem, eu e meu bebe, mandou a ata por uma enfermeira, e apesar e falar mil vezes que o bebe estava muito choroso ela disse que era normal, quando cheguei em casa meu bebe estava com febre, resultado? Casa de saúde, internado com infecção, não sei que tipo foi mais provavelmente hospitalar!!! Graças a Deus passou 5 dias lá foi muito bem atendido pelas enfermeiras e por a pediatra e hoje está muito bem!!! Mais sinceramente o hospital precisa urgente de vistoria bem severa!!!

    ResponderExcluir