Social Icons

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Resumo Político: Mesmo preterido na disputa para prefeitura, vereador se mantem no grupo governista em Quixaba, apoio de Dinca tem mais peso que o de Josete em Tabira diz pesquisa, placar do impeachment e Mendonça Filho não deve integrar ministério

Mesmo preterido na disputa para prefeitura, vereador se mantem no grupo governista em Quixaba: Vereador de seis mandatos, Venceslau (Lau), tinha esperanças de ser indicado para liderar a chapa majoritária do Prefeito Zé Pretinho na sucessão municipal de Quixaba. Na cidade muita gente acreditava que Lau pela força que tem, poderia liderar a chapa majoritária. Ontem em contato com a Produção dos Programas Rádio Vivo e Cidade Alerta, Venceslau disse não ter interesse em integrar a chapa como vice de Tião de Gaudêncio, já escolhido pelo prefeito, e por fidelidade a Zé Pretinho se mantem no grupo onde tentará o 7º mandato de vereador. 

Placar do Impeachment de Dilma: Intenções de voto no Senado Federal. A favor50; 41 necessários; Contra 20; 41 necessários; 5 indecisos e 5 não quiseram responder.

Apoio de Dinca tem mais peso que o de Josete em Tabira, segundo Múltipla: O instituto perguntou se o apoio do ex-prefeito Dinca a um candidato influenciaria o voto dos 250 entrevistados em todo Município. Sobre Dinca, 30,8% afirmaram que votariam com certeza nesse candidato, contra 28% que afirmaram talvez votar dependendo do candidato e 39,60% que não votariam de jeito nenhum. 1,60% disseram que não sabem ou não opinaram.O mesmo questionamento foi feito em relação ao ex-prefeito Josete Amaral (PTB). Para 25,60% um pedido dele teria muita influência. Já 31,60% afirmaram que talvez influencie, contra 41,20% que disseram não votar em candidato apoiado por ele de jeito nenhum. 1,60% não opinaram.

Mendonça Filho não deve integrar ministério: Bruno Araújo (PSDB) era, ontem, o pernambucano com mais chance de integrar o ministério Temer. Mendonça Filho (DEM), que era dado como certo para a pasta da Educação, perdeu terreno no partido para o deputado José Carlos Aleluia (BA), cotado para a pasta das Minas e Energia. (Por Anchieta Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário