Social Icons

sábado, 14 de maio de 2016

+ Política: PSB se reúne em Tabira e indefinição permanece - Prefeito de Itapetim reclama da Celpe - Sinal aberto para Jarbas ser Presidente da Câmara

PSB se reúne em Tabira e indefinição permanece: Mais uma reunião e pouca definição no PSB de Tabira. Depois da desistência do vereador Zé de Bira e dos demais pré-candidatos Joel Mariano, Edmundo Barros, Sebastião Ribeiro e Marcos Crente o partido socialista bate cabeça na busca por um nome para liderar sua chapa majoritária. Da reunião de ontem, também participaram o ex-prefeito Josete Amaral e o assessor do Governo do Estado, Adelmo Moura. Como maior liderança do bloco socialista, o ex-prefeito Josete Amaral (PSB) saiu da reunião encarregado de contactar lideranças para reforçar o palanque e encontrar o nome ideal. O que ninguém está entendendo é porque depois de tanta gente se apresentar como pré-candidato no PSB, aparecer agora como desistentes, mesmo podendo polarizar a disputa com Nicinha de Dinca (PMDB), uma vez que a rejeição do Prefeito Sebastião Dias (PTB) bate nas alturas.

Prefeito de Itapetim reclama da Celpe: Arquimedes Machado (PSB), prefeito de Itapetim, está perdendo a paciência com a Celpe. Em média, diz ele, falta energia na cidade quatro vezes por semana, faça chuva ou faça sol. E a prefeitura não sabe mais a quem recorrer para sanar o problema. Pedir socorro à Aneel será a última alternativa.

Sinal aberto para Jarbas ser Presidente da Câmara: Circulou ontem em Brasília a informação nos bastidores de que o presidente interino Michel Temer (PMDB) já teria dado o aval para o deputado Jarbas Vasconcelos se preparar para disputar a Presidência da Câmara dos Deputados. Temer, segundo as conversas, precisaria de um presidente da dimensão de Jarbas neste momento em que o País enfrenta uma crise moral e ética no seu parlamento. Mas o deputado só pode inscrever a sua candidatura se houver a vacância do cargo. Para isso teriam que renunciar Eduardo Cunha, o presidente afastado, e Waldir Maranhão, primeiro-vice, no exercício do cargo. (Por Anchieta Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário