Social Icons

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Afogados prestigia a "Noite dos Violões"

Uma noite de clima ameno, céu aberto, propícia para os apaixonados pelos serões e serenatas dos tempos antigos. Esse foi o tom do Projeto Quinta Cultural, que ontem homenageou a magia dos violões.

A abertura se deu com o artista plástico e músico, Edierk José, ao som das mais belas composições de artistas do naipe de Tom Jobim, Villa-Lobos, Hermeto Pascoal e Luiz Gonzaga, no formato “uma poltrona, um violão”. “É muito bom esse espaço que se abre para a música instrumental, para o violão, para a boa música, tão relegada a segundo plano nesses tempos de hoje,” avaliou Edierk.

Em seguida foi a vez da apresentação do também Afogadense, Djalma Marques. Violonista clássico, Djalma já venceu concursos instrumentais no Brasil e no mundo, tendo se apresentado em diversos países.

No repertório, canções que fizeram parte de sua trajetória e influências. Canções espanholas dos séculos XVlll e XlX, serenatas e música popular brasileira. Djalma relembrou seus tempos de juventude em Afogados, quando fazia serenata, a pedido, para os casais apaixonados. Ele fez uma pungente homenagem ao músico afogadense Bernardo Delvanir Ferreira, que partiu tão cedo, e hoje nomeia a Escola Municipal de Música. “Era um ser humano maravilhoso e um músico espetacular. Ele quem despertou em mim a paixão pelo instrumento. Até hoje sinto saudades e falo dele por onde ando,” disse Djalma. 

A Quinta Cultural é uma realização da Secretaria de Cultura e Esportes de Afogados da Ingazeira e acontece sempre na última quinta-feira de cada mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário