Social Icons

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Policial: Droga em Afogados, furto em Flores e Belmonte e ameaça em Solidão

Jovens flagrados com drogas em Afogados: A equipe da ROCAM ao realizar rondas e abordagens no bairro São Francisco se depararam com J. R. S. F., 21 anos e W. S. S., 23 anos, que ao avistarem o policiamento tentaram se evadir jogando algo ao chão. Os policiais ao realizar a abordagem pessoal nos mesmos nada encontraram, porém ao localizar o objeto jogado ao chão foi constatado de que se tratava de uma porção de maconha acondicionada em um papel pronta para o consumo. Diante dos fatos os envolvidos foram conduzidos para a delegacia de polícia local para as devidas providências.

Furto em Flores: Policiais militares da GT de Flores foram acionados pelo agente civil que estava de plantão para se deslocarem até o Sítio Riacho da Velha a fim de averiguar um furto. Chegando ao local, constataram a veracidade do fato, onde a vítima informou que em sua residência havia sido furtado alguns aparelhos eletrônicos e que suspeitava de quem havia realizado o crime. Foi realizada diligência e encontrado Márcio do Nascimento Ferreira, 30 anos, o qual quando indagado pelos materiais furtados, assumiu o fato, bem como relatou onde havia escondido os objetos. Ante o exposto, as partes juntamente com os materiais foram conduzidas à delegacia de polícia local para providências cabíveis.

Tentativa de furto em Belmonte: Policiais militares da GT de São José do Belmonte foram acionados por populares informando que Cícero Wellington da Silva, 20 anos, havia arrombado o estabelecimento comercial da vítima. Chegando ao local, constataram a veracidade do fato, onde o acusado confessou que violou o comércio com a intenção de furtar. Ante o fato, as partes foram conduzidas para a delegacia de polícia de Serra Talhada, onde o acusado foi autuado em Flagrante Delito.

Ameaça de morte por causa de um garrafão de água em Solidão: A guarnição ordinária realizava rondas quando foi informada pela vítima que J. V. L. S., 63 anos, estava lhe ameaçando de morte devido a uma discussão provocada pela venda de um garrafão de água no supermercado de propriedade da vítima. J. V. ao perceber que G. A. confirmava a denúncia junto ao policiamento passou novamente a ameaçá-la. Diante disso, o acusado após ter resistido à voz de prisão foi necessário o uso da força e algemas para contê-lo. Ambas as partes foram conduzidas a delegacia de Afogados da Ingazeira para as medidas legais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário