Social Icons

sábado, 2 de abril de 2016

Policial: Denúncia de cárcere privado e agressão em Afogados, tentativa de homicídio em Tabira e furto a comércio em Itapetim

Furto a comércio em Itapetim: A GT foi informada por testemunhas, que indivíduos desconhecidos teriam arrombado e furtado alguns produtos tipo bombos, sorvetes e uma quantia de R$ 40,00 do estabelecimento comercial da vítima, um senhor de 72 anos. Chegando ao local, a vítima informou que um gari encontrou próximo ao tronco de uma árvore, próximo ao estabelecimento, um alicate para cortar arames e ferros e os cadeados da porta do estabelecimento danificados. A ocorrência foi passada à disposição da delegacia de polícia local para as medidas cabíveis. O crime aconteceu no bairro Paulo VI.

Tentativa de homicídio no Posto Nogueirão em Tabira: Ao GT local foi acionada pela permanência da 2º CPM, a qual informou que no posto Nogueirão II, estava havendo uma briga. Ao chegar ao local, foi relatado pelas testemunhas que a vítima J. J. de 64 anos, que é dono da lanchonete que fica localizado no posto, estava no seu ambiente de trabalho, quando J.V.N. , 54 anos, chegou com uma faca peixeira tentando golpear a vítima, porque o mesmo vive com a ex-companheira dele, e o mesmo não aceita a separação. A vítima conseguiu se defender com uma cadeira, e com ajuda de populares, conseguiram detê-lo. Após o ato, a filha do imputado, E.M.N.V, 28 anos, que estava acompanhada do mesmo, xingou a vítima com palavras de calão, e agrediu no mesmo com um capacete. O caso foi levado para delegacia local.

Denúncia de cárcere privado e agressão em Afogados: A GT foi acionada pela central do 23º BPM, a qual informou que no povoado da Carapuça, município de Afogados da Ingazeira - PE, estava havendo uma ocorrência de cárcere privado. Ao chegarem ao local, foram informados pela vítima, que E.G.S.J., 28 anos, estava descumprindo uma medida protetiva expedida pelo juiz de direito da comarca de Carnaíba. A vítima informou ainda, que além do acusado ter descumprido a ordem judicial, a agredia constantemente. Diante dos fatos os envolvidos foram conduzidos a delegacia de polícia local para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário