Social Icons

terça-feira, 5 de abril de 2016

Paciente internado no Hospam é o primeiro caso suspeito de gripe H1N1 em Serra Talhada

Além do surto de Zica, Chicungunya e Dengue, a Capital do Xaxado registra o primeiro caso suspeito de influenza A H1N1, popularmente conhecida como ‘gripe suína’. João Antônio Magalhães, diretor interino do Hospital Professor Agamenon Magalhães (Hospam), em conversa com o FAROL, disse que o paciente é de Serra Talhada e tem 45 anos. O bairro onde mora e o nome dele não foram revelados.

Ainda, segundo João Antônio, o paciente está de quarentena na unidade e trabalha como caminhoneiro. A influenza é transmitida pelo ar através de um novo tipo de vírus da mesma família que transmite a gripe comum. O vírus H1N1 já contabiliza mais de 32 casos confirmados e cinco óbitos em Pernambuco. Ao FAROL, João Antônio confirmou que o paciente está em uma área isolada do hospital aguardando exames de confirmação da doença.

“Realmente recebemos um paciente que está sob suspeita de H1N1, ele está internado em uma área isolada do hospital para evitar contaminação, já que é uma doença transmitida pelo ar. O quadro de saúde dele é estável. Estamos tomando todo cuidado para evitar contaminações. Ele ficará no hospital até chegarem de Recife os exames para confirmar ou não a doença. Estamos aguardando e todos devem ter cuidado”, aconselhou o gestor.

SINTOMAS E PREVENÇÃO

A Influenza A/H1N1 é transmitida de pessoa para pessoa através de tosse ou espirro, também é possível a transmissão por contato com objetos contaminados. Os sintomas são: dores musculares; diarreia, náusea ou vômito e febre alta (maior do que 38°C); calafrios ou fadiga; congestão, coriza ou espirros; e também podem ser comuns dores de cabeça, garganta ou tosse. Diante desses casos a indicação é procurar o médico com urgência.

Para proteger as pessoas próximas cubra sempre o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, lave as mãos com frequência com água e sabão. Sempre que possível evite aglomerações ou locais pouco arejados. Mantenha uma boa alimentação e hábitos saudáveis. Para os infectados ou pessoas com suspeita de influenza o repouso, ingestão de líquidos e boa alimentação podem auxiliar na recuperação da sua saúde.

(*) Fonte: Farol de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário